Investidores querem reabilitar pousada fechada desde 2010 em Sousel

0
216
A Pousada de São Miguel foi a primeira unidade hoteleira de turismo cinegético do país

A histórica Pousada de São Miguel, em Sousel, no distrito de Portalegre, fechada desde 2010, vai ser reabilitada por um casal de empresários com o apoio de fundos comunitários, revelou hoje o presidente do município.

Manuel Valério adiantou que as obras de reabilitação da unidade hoteleira deverão arrancar até ao final deste ano.

Situada no cimo da colina de São Miguel, a poucos quilómetros da vila de Sousel, a unidade desactivada possui 28 quartos duplos e quatro suites com terraços privativos.

Os investidores apresentaram uma candidatura ao programa comunitário Portugal 2020 e obtiverem um financiamento de 2,2 milhões de euros.

Após a aprovação da candidatura, segundo o autarca, o “capitulo seguinte” do processo passa por estabelecer um subarrendamento do espaço aos empresários ou a sua aquisição ao Turismo de Portugal.

“A Câmara de Sousel tem o imóvel arrendado ao Turismo de Portugal por um período de 30 anos. E o próximo passo para que este projecto possa ser implementado poderá ser um subarrendamento aos empresários”, explicou.

Na opinião do autarca, o investimento na pousada constitui “uma mais-valia não só para o concelho de Sousel como para toda a região”.

Em 2016, o Ministério das Finanças realizou uma segunda hasta pública para tentar vender a pousada, com a autorização do município, que adquiriu em 2013 o direito de superfície por um período de três anos, mas a venda não se concretizou.

Inaugurada em 1992, a Pousada de São Miguel, a primeira unidade hoteleira de turismo cinegético do país, foi explorada durante vários anos pelo Grupo Pestana, o qual, em Março de 2010, abandonou o projecto.

Na altura, o Grupo Pestana justificou a decisão de abandono do projecto com dificuldades em rentabilizar o espaço.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here