Ordem dos Médicos Veterinários reconhecida com a Medalha de Honra da Agricultura

0
1011
Os médicos veterinários desempenham “uma função inestimável e insubstituível, muitas vezes não devidamente reconhecida”, disse o ministro da Agricultura

A Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) foi hoje reconhecida com a Medalha de Honra da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, durante uma cerimónia realizada ao final da manhã e presidida pelo ministro Capoulas Santos.

No despacho que confere a medalha, o ministro da Agricultura refere que este acto é o “reconhecimento público do valioso e excepcional contributo [da Ordem dos Médicos Veterinários] em prol da defesa dos interesses gerais dos destinatários dos serviços médicos veterinários, nomeadamente em defesa da saúde pública através da salvaguarda e promoção do bem estar animal e da segurança alimentar”.

Numa breve intervenção, o ministro Capoulas Santos salientou que este reconhecimento “é um acto de plena justiça”, considerando que “os médicos veterinários são uma classe fundamental para o desenvolvimento do país, para a protecção dos animais e das pessoas”.

“É uma função inestimável e insubstituível, muitas vezes não devidamente reconhecida”, disse.

Capoulas Santos recordou que “há todos os dias novos desafios”, dando como exemplo o trabalho que está a ser desenvolvido entre o ministério da Agricultura, a secretaria de Estado da Protecção e a Ordem dos Médicos Veterinários para “integrar os médicos veterinários na Protecção Civil”, para que haja um mecanismo de resposta relativamente aos animais como há para as pessoas.

O bastonário da Ordem do Médicos Veterinários, Jorge Cid, endereçou este reconhecimento “a todos os médicos veterinários, de Norte a Sul do país e além-fronteiras, que de uma maneira voluntariosa, abnegada e muitas vezes com grande espírito de sacrifico cumprem a sua missão, com parcos recursos, quer financeiros quer humanos”.

Jorge Cid aproveitou para pedir o empenho do ministro da Agricultura e de “todas as entidades” para que “possamos rapidamente aprovar na especialidade” o diploma em discussão na Assembleia da República que define o acto médico veterinário, o qual “representa um grande passo e virá dar uma mais valia a toda a nossa profissão”.

A Ordem dos Médicos Veterinários foi criada no dia 4 de Outubro de 1991 e conta hoje com mais de seis mil membros associados, sendo responsável por regular e disciplinar o acesso e o exercício da actividade médico veterinária em território nacional e pela concessão, em exclusivo, do respectivo titulo profissional.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here